Blog do grupo de meditação e estudo do Dharma de Aveiro

Blog do grupo de meditação e estudo do Dharma de Aveiro

Grupo aberto a qualquer pessoa com interesse em meditação ou Budismo.

Reuniões semanais às segundas-feiras das 21:00 às 22:30 no espaço de Yoga Sita Rama, em Aveiro (ver Endereços).

As reuniões consistem numa sessão de meditação em silêncio (são dadas breves indicações quando aparece alguém sem experiência), seguida de estudo de material sobre meditação ou Budismo (textos, audio, vídeo ou apresentações de membros), reflexão conjunta sobre o material usado e conversa/partilha final.

Estudamos principalmente Budismo Theravada, mas não estamos ligados a nenhum mestre ou tradição religiosa. Procuramos focar no estudo e práticas do Budismo que podem servir a qualquer pessoa, independentemente da sua religião ou crenças.

O grupo reúne semanalmente desde Fevereiro de 2009, tendo começado por reunir no CUFC (Centro Universitário Fé e Cultura), na Universidade de Aveiro, embora apenas recentemente tenhamos começado a guardar registo da nossa atividade neste blog.

Meditação Vipassana por Tara Brach

Olá amigos

A proposta para hoje é usar um audio da Tara Brach com indicações de meditação Vipassana. Informações e várias meditações guiadas da Tara: http://www.tarabrach.com/

Programa
  • Meditação: 30 minutos
  • Reflexão sobre a técnica
  • Conversa/partilha
Abraços

Luís


--

Meditação: Os Ensinamentos Espirituais de Sócrates

Olá amigos


A reunião de amanhã vai ser moderada pelo António que sugere para reflexão ler um pouco do livro  "Os Ensinamentos Espirituais de Sócrates". Aqui fica uma parte do texto:

"Um dos objetivos da filosofia é destruir os mitos sobre o poder … O discernimento dos primeiros filósofos conduziu à Idade da Ciência, e nós estamos a viver na ponta final dessa idade."

"Hoje em dia, a tarefa da filosofia é a destruição dos mitos, dos nossos novos mitos dominantes da ciência, tecnologia, progresso e crescimento económico ilimitado. Estes mitos de poder são os nossos ídolos contemporâneos, e destruir os nossos ídolos é algo de muito grave e assustador."

"Nos dias de hoje, não só nos encontramos em risco de perder as nossas almas como ignoramos o que seja exatamente a alma e porque é que ela é essencial para as nossas vidas … Se não conseguirmos recuperar as nossas almas, é bem possível que descubramos que a Terra já não nos quer preservar como uma espécie viva, e podemos seguir o caminho dos dinossauros rumo ao esquecimento." 

O programa, como usual:

  • Meditação: 30 minutos
  • Leitura
  • Reflexão sobre o texto
  • Conversa/partilha
Abraços

Luís

--

Meditação: o que não faz de ti um budista

Olá amigos

Estou de volta a Portugal e vou moderar a reunião de amanhã. A proposta é considerar para reflexão alguns extratos do livro "O que não faz de ti um budista" de Dzongsar Jamyang Khyentse. O autor argumenta que um budista é alguém que aceita os quatro selos:
  • Todas as coisas compostas são impermanentes;
  • Todas as emoções são dor;
  • Nenhuma coisa existe em si e por si;
  • O nirvana transcende os conceitos.
O programa é então como de costume:
  • Meditação sentada: 30 minutos
  • Leitura
  • Reflexão conjunta sobre o tema
  • Conversa/partilha
Abraços

Luís


--